Brasil

Advogado palmeirense que morreu após ser agredido foi flagrado ferido

O suspeito, aparece atrás de uma árvore na imagem

diario da manha

O advogado palmeirense que morreu após ser agredido com socos, foi flagrado ferido logo após o crime em um gramado na frente do condomínio, onde ele e o suspeito moravam, em São José do Rio Preto (SP).

De acordo com polícia, Celso Wanzo e Emerson Rodrigo discutiram por causa do resultado da final do Mundial de Clubes, em que o palmeiras perdeu por 2 a 1 para o Chelsea. Celso foi agredido com um soco e ficou desacordado. Em seguida, a vítima foi fotografada caída no gramado, com os olhos fechados e sendo amparada por um homem. Já o suspeito, aparece atrás de uma árvore na imagem.

O torcedor do palmeiras foi socorrido e encaminhado ao Hospital de Base. Contudo, não resistiu aos ferimentos. A vítima foi velada e cremada na última segunda-feira 14, em Rio Preto. Após o crime, a Polícia Militar foi acionada e localizou Emerson, de 44 anos. Ele foi encaminhado para a Central de Flagrantes onde ficou preso.

O caso foi registrado como lesão corporal de natureza grave, já que durante o registro policial a vítima estava viva. A Polícia civil arbitrou fiança de R$ 5 mil, o valor foi pago e o homem foi liberado. Contudo, após a morte do advogado, a justiça determinou a prisão prisão preventiva do suspeito e ele se entregou á polícia no último domingo, 13. Emerson foi encaminhado á Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) e será levado ao Centro de Detensão Provisória (CDP).

Segundo informações do G1

Leia também:

Comentários