Brasil

Homem que torturou jornalista já agrediu avós e três ex

De acordo com uma de suas ex, o homem costumava ter um perfil violento. Ele foi detido na útima terça-feira 3

diario da manha

Fred Henrique Lima Moreira, de 30 anos, acusado de espancar, torturar e manter a namorada, a jornalista Ana Luiza Dias, 37, em cárcere por três dias em Copacabana, no Rio de Janeiro, já foi preso ao menos três vezes. Em sua ficha criminal constam três anotações de violência doméstica, tráfico de drogas, associação ao tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, ameaça e desacato.

O homem também foi denunciado por agredir as mães de seus filhos. A primeira prisão foi em 2010, aos 18 anos. Ele foi detido em flagrante acusado de roubar uma moto em Copacabana. No mesmo ano, acabou condenado a se apresentar à Justiça, após acordo, por agredir os avós. A pena foi obtida a partir do perdão das vítimas.

Fred foi preso por agentes da 12ª DP na última terça-feira, 03, por tentativa de feminicídio, estupro, cárcere privado e tortura. Ele estava em casa, não ofereceu resistência e com ele foram encontrados o cassetete, um simulacro de pistola e o soco inglês, que teriam sido utilizados durante as agressões. De acordo com uma de suas ex, o homem costumava ter um perfil violento.

Segundo informações do Metrópoles

Leia também:

Comentários