Brasil

Homem é preso suspeito de estuprar a sobrinha em Alto Paraiso de Goiás

As investigações apontam que parte da família tinha conhecimento do crime

diario da manha

A Polícia Civil de Alto Paraíso de Goiás, prendeu um homem suspeito de estuprar a sobrinha de 10 anos de idade por dois anos. As investigações apontam que parte da família tinha conhecimento do crime. De acordo com a Polícia Civil, mesmo sabendo dos estupros, os familiares da vítima nunca denunciou o caso para qualquer órgão público. Somente quando o pai da criança teve conhecimento dos fatos, em 6 de junho deste ano, foi que ele compareceu na delegacia para denunciar.

Conforme a delegada responsável pelo caso, Bárbara Buttini, o pai da menina apresentou vários vídeos do suspeito assediando a criança. A delegada contou que, depois que o tio teve conhecimento que o crime foi descoberto pelo pai, ele fugiu para Brasília, no Distrito Federal. O suspeito também teria enviado várias mensagens para o pai falando que poderia explicar a situação.

Com as provas da investigação, a PC pediu um mandado de prisão preventiva contra o suspeito por estupro de vulnerável. A pena para o crime pode chegar a 22 anos de prisão. Por não ter o nome divulgado pela polícia, não foi possível localizar a defesa do tio para que se posicionasse sobre o caso.

Segundo informações do G1

Leia também:

Comentários