Cidades

Mulher impede enterro de marido após promessa de ressurreição

Segundo a mulher, ele deixou uma declaração dizendo que ressuscitaria três dias após a morte

diario da manha

Ana Maria de Oliveira Rodrigues, esposa do pastor evangélico Huber Carlos Rodrigues, impediu que o corpo do marido fosse sepultado em Goiatuba, a cerca de 177 km de Goiânia. Segundo a mulher, ele deixou uma declaração, escrita em 2008, dizendo que ressuscitaria três dias após a morte.

Huber Carlos morreu na última sexta-feira, 22, após complicações cardiorrespiratórias. O prazo para a ressurreição descrito por ele terminou na segunda-feira, 25. Segundo o documento deixado pelo pastor, ele passaria por um “mistério de Deus”.

“Minha integridade física tem que ser totalmente preservada, pois ficarei por três dias morto, sendo que no 3ª dia, eu ressuscitarei. Meu corpo durante os três dias não terá mau cheiro e nem se decomporá, pois o próprio Deus terá preparado minha carne e meu cérebro para passar por essa experiência”, diz.

A funerária chegou a esperar o prazo dado pelo religioso, em respeito à família mas ele permanecia morto e foi enterrado. Um grupo chegou a gritar exigindo a abertura do caixão, mas o coveiro negou e o enterro aconteceu normalmente.

Leia também:

Comentários