Cidades

Alunas acusam professor de abuso sexual em escola

Conselho Tutelar registrou relato de três meninas, que contaram sobre toques no bumbum, seios e pernas. Segundo o órgão, o profissional foi afastado do colégio em que os crimes teriam ocorrido

diario da manha
Caldazinha, onde as alunas registraram que foram vítimas de abuso - Foto: Reprodução

O Conselho Tutelar de Caldazinha, região metropolitana de Goiânia, registrou denúncias de abuso sexual feitas por três estudantes contra um professor da escola municipal da cidade. Segundo o órgão, as meninas relataram que o homem deu tapas nos bumbuns, tocou os seios e as pernas delas. Mãe de uma das vítimas relatou que filha contou sobre o que viveu dias após uma palestra sobre o assunto na escola.

A mãe de uma das garotas disse que a filha criou coragem para falar após uma palestra sobre abuso há alguns dias. “Depois dessa palestra, as crianças começaram a conversar entre si na escola. Minha filha começou a dizer que um professor abraçou e pegou no bumbum dela. Ela disse que isso já tinha uns dois meses, mas que não me falou por medo de eu tirar ela da escola”, contou a mulher, que não quer ter a identidade divulgada.

De acordo com o Conselho, as meninas, que têm média de 10 anos de idade, contaram sobre os toques às mães, que as levaram ao órgão para registrar o caso na tarde da última quinta-feira, 26.

Os conselheiros foram ao colégio e receberam a informação da diretoria de que, horas antes, as meninas haviam contado o que aconteceu à coordenação, e que o professor foi afastado do cargo em seguida.

Conselho Tutelar de Caldazinha, que recebeu denúncias de estudantes contra professor – Foto: Reprodução

Ainda de acordo com o órgão, as mães e filhas foram levadas a uma delegacia e registraram um Boletim de Ocorrência sobre o caso. Segundo o Conselho, as meninas devem ser ouvidas por psicólogas nesta semana.

Com informações do G1.

  • Leia também:

Comentários