Cidades

Duas Clínicas veterinárias são autuadas por uso de medicamentos vencidos

As clínicas foram flagradas com produtos vencidos e condições inadequadas de esterilização

diario da manha
Foto: Divulgação Prefeitura de Goiânia

Uma operação de fiscalização do Procon foi realizada na ultima terça-feira, 17, em duas clínicas veterinárias, após denúncias relatadas pelo CRMV-GO. Foi realizada, portanto, uma ação conjunta em parceria com a Delegacia do Consumidor (Decon), Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de Goiás (CRMV-GO) e de equipes da Vigilância Sanitária Municipal de Goiânia e Aparecida de Goiânia.

Nas clínicas, constatou-se o uso de medicamentos vencidos, como insulina, e testes para diagnosticar alergia nos animais, além de ossos para cachorros. Também foi verificada a falta de condições adequadas para esterilização dos materiais utilizados nos procedimentos. Os estabelecimentos foram autuados pelo Procon Goiás pelo uso de produtos com o prazo de validade vencido.

Alguns produtos estavam com a data de validade vencida desde 2014. A fiscal do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de Goiás (CRMV-GO), Nívea Soares, afirma que a entidade recebeu uma denúncia anônima relatando práticas instrumentais que não condizem com a boa prática veterinária em relação a uma clínica.

Segundo o superintendente do Procon Goiás, Levy Rafael, a ação é importante para que o consumidor não seja prejudicado pelas más práticas de empresas.

“A parceria entre várias instituições é muito importante para garantir o cumprimento da lei, cada uma agindo de acordo com a sua competência e área de atuação. Nesta soma de esforços, com certeza quem ganha é o consumidor, é o cidadão”, afirma Levy.

Os responsáveis pelas clínicas podem responder a um processo ético. A Delegacia do Consumidor vai instaurar inquérito para investigar a prática de crime contra as relações de consumo nos dois estabelecimentos.

Leia também:

Comentários