Cidades

Mulher que teve parte do braço amputado ao tentar separar briga comemora membro reimplantado

O suapeito do crime, João Batista Rodrigues, está preso por tentativa de homicídio

diario da manha

A mulher de 48 anos que teve parte do braço amputado ao tentar separar uma briga entre o marido e um vizinho teve o membro reimplantado, em Goiânia. Ao receber alta na última sexta-feira, 20, Valcilene Barbosa falou sobre o sentimento de gratidão e felicidade pelo reimplante.

O acidente ocorreu no último dia 6. Valcilene foi atingida no antebraço com uma foice, em Anápolis. De acordo com a Polícia Civil, a discussão começou por desentendimento por causa de um lixo que havia sido colocado em um lote vago que existe entre a casa de ambos.

O médico ortopedista Frederico Faleiro destacou que a vítima recebeu um atendimento muito rápido desde o resgate pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) até a transferência para o Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol). Em duas horas após ter o antebraço amputado, ela já estava entrando em cirurgia, o que aumentou as chances de sucesso.

Beatriz Soares, filha de Valcilene disse que agora começa um processo longo de reabilitação, mas está feliz por a mãe estar bem e grata às equipes médicas que fizeram todo atendimento. Ela conta que a mãe ainda está muito abalada com tudo que aconteceu.

O suspeito do crime, João Batista Rodrigues, está preso por tentativa de homicídio. Não foi possível localizar a defesa dele para que se posicionasse sobre o caso.

Segundo informações do G1

Leia também:

Comentários