Cidades

Homem é suspeito de agredir o filho com corda de varal em Goiás

Os professores da escola onde o menino estuda notaram os machucados e denunciaram o caso. Criança foi encaminhada para um abrigo temporário por recomendação do Conselho Tutelar

diario da manha

O pai de um menino autista de 7 anos é suspeito de bater no filho com uma corda de varal, feita de nylon, e deixar marcas da agressão no corpo da criança. Os professores da escola onde o menino estuda notaram os machucados e denunciaram o caso, em Rio Verde, no sudoeste de Goiás.

O caso foi registrado na última quarta-feira, 08. O menino passou por exames de corpo de delito para verificar o grau das lesões mas o laudo ainda não foi divulgado pela polícia. De acordo com o delegado que investiga o caso, Maurício Santana o pai contou em depoimento que bateu no menino porque ele ficava muito tempo na rua, o que o desagradou.

A investigação vai ouvir mais testemunhas para entender se as agressões são frequentes ou se foi fato isolado. Ainda conforme o delegado, a criança foi encaminhada para um abrigo temporário por recomendação do Conselho Tutelar.

Segundo informações do G1

Leia também:

Comentários