Entretenimento

Juiza nega pedido de DJ Ivis para que ex-mulher apague vídeos de agressão e que seja proibida de citá-lo

DJ Ivis entrou com uma liminar contra sua ex-mulher, Pamella Holanda, após ela divulgar diversos vídeos sofrendo agressões pelo artista, mas juíza negou o pedido.

diario da manha

Sendo o assunto mais comentado das redes sociais nas últimas 24 horas, DJ Ivis entrou com uma liminar em caráter de urgência contra sua ex-mulher, Pamella Holanda, após ela divulgar diversos vídeos sofrendo agressões pelo artista. No entanto, a Justiça do Ceará negou o pedido do músico.

Além disso, a defesa de Ivis requereu que a modelo fosse proibida de falar sobre o assunto com a imprensa. Segundo consta na ação, ser citado pode causar “danos gravíssimos a sua carreira”.

Leia também: Após denunciar agressões, ex-mulher de DJ Ivis desabafa: “Me calei por muito tempo”

A juíza afirmou não constar nos vídeos publicados “qualquer conduta que ultrapasse o direito de expressão”.

“A falta de veracidade ou eventuais excessos veiculados em matérias de internet deverão ser apurados posteriormente, sendo incompatível com o regime de plantão judiciário, pelo que deixo de acolher os pedidos formulados em tutela de urgência”, prossegue a decisão.

Os vídeos foram publicados por Pamella Holanda na tarde deste domingo, 11, através dos stories. Câmeras de segurança registraram DJ Ivis agredindo Pamela Holanda com chutes, socos, tapas e pontapés, sempre em frente da filha bebê e de outras pessoas.

Leia também: Luciano Szafir é extubado, mas continua internado

Comentários