Entretenimento

Juliana Paes volta a ser chamada de 'bolsominion' após comentários sobre Cuba

Juliana Paes fez um comentário em uma publicação sobre os protestos em Cuba e alfinetou aqueles que permanecem em silêncio sobre o regime no país.

diario da manha

Na manhã desta terça-feira (13), Juliana Paes fez um comentário em uma publicação sobre os protestos em Cuba e alfinetou aqueles que permanecem em silêncio sobre o regime no país.

A postagem da economista Renata Barreto questiona a existência de uma democracia em Cuba, afirma que o país “é refém da ideologia” que as pessoas que usam “camisetinha do Che Guevara” diz defender, e manda essas pessoas tomarem “vergonha”.

Leia também: Juiza nega pedido de DJ Ivis para que ex-mulher apague vídeos de agressão e que seja proibida de citá-lo

Juliana Paes concordou com as críticas e acrescentou: “Mas hoje tá um silêncio naquele Twitter… (ou tô delirando?) #cubalibre”, usando alguns emojis de risos.

(Foto: Reprodução)

Como resultado, internautas viralizaram a fala da artista, que foi novamente criticada e chamada de ‘bolsominion’. “A Juliana Paes não cansa de passar vergonha. Está chamando o tuiteiro de socialista, só falta nos mandar ir pra Cuba. Se você perguntar pra esse bolsominion o que é socialismo e o que está acontecendo em Cuba ela não sabe”, disse um seguidor.

 “Você ainda não aprendeu né? Mesmo depois de tudo. Socorro, Juliana! Saia da bolha”, escreveu outro. “Paes não sabe mais o que fazer pra ser ridícula”, comentou um terceiro.

Leia também: Luciano Szafir é extubado, mas continua internado

Comentários