Entretenimento

Youtuber morre após gravar vídeo para provar a fãs que estava vivo

"Não estou morto, faço 57 hoje", escreveu Tor, no dia de seu aniversário.

diario da manha

Aos 57 anos, o youtuber norueguês Tor Eckhoff morreu em um grave acidente na última sexta-feira, 26, cinco dias após compartilhar um vídeo em seu canal para provar para seus fãs que estava vivo. “Não estou morto, faço 57 hoje”, escreveu o homem, no dia de seu aniversário.

O influenciador estava caminhando por um bloco de gelo quando rachou e ele caiu na água gelada. Tor chegou a ser resgatado com vida, mas não resistiu e morreu no sábado (27).

Leia também: Lei Marília Mendonça é aprovada para prevenir acidentes aéreos

A esposa do youtuber, Tove Skjerven, lamentou a perda do marido nas redes sociais. “Ele estava ansioso para filmar um vídeo patinando no gelo. Ele me escreveu quando chegou lá e mandou fotos na água (…) Algo incrivelmente errado aconteceu, ele acabou na água gelada e não conseguiu voltar, como já tinha feito várias vezes antes! Ele acabou sendo resgatado por mergulhadores e levado por uma ambulância aérea”, disse.

“Eles fizeram tudo que era possível para te trazer de volta, mas já tinha ficado tempo demais dentro da água. Na noite de sábado estávamos ao seu lado quando os médicos desligaram as máquinas que o mantinham vivo. Obrigado por tudo o que você foi. Teremos ótimas memórias e não é possível expressar como sentiremos a sua falta”, concluiu a mulher.

Leia também: Michel Teló é acionado na justiça para pagar indenização de R$ 130 mil

Comentários