Esportes

Atlético Goianiense e Vila Nova prontos para a primeira partida das semifinais

As duas equipes vem de uma classificação na Copa do Brasil, e com pouco tempo, se prepara para o clássico

diario da manha
Foto: Willi Becker

Atlético Goianiense e Vila Nova se enfrentam neste sábado, 19, no Estádio Antônio Accioly, às 16h30. A partida é válida pelo jogo de ida da semifinal do Campeonato Goiano. As duas equipes vem de uma classificação na Copa do Brasil, e com pouco tempo, para se preparem para o clássico.

O técnico atleticano, Umberto Louzer, acredita que a duas equipes evoluíram, e que as derrotas para o Vila Nova na primeira fase da competição não deve definir quem está mais apto a vaga na final, pois se trata de outro momento.

“É um novo momento, e houve evolução de ambas as equipes. Agora temos que viver essas duas partidas. Uma preparação mental para conseguirmos  potencializar nossas capacidades técnicas, tática e física, que um jogo desse tamanho exige, pois vale uma vaga na final.”

Volante do Vila diz que momento não mostra quem é favorito para o Clássico

No entanto, o meia, Arthur Rezende, esclarece que o momento das equipes não define quem é o favorito em um clássico. “Não muda nada, a gente já cansou de ver clássico em que o time que está em um momento difícil venceu o que está em um momento bom. O clássico é bastante perigoso.” 

De olho na final do Goianão, Arthur ressalta o que não pode faltar em um clássico, e principalmente, em uma decisão: “Nível de concentração, não pode desconcentrar em momento nenhum do jogo, pois é uma partida que na maioria das vezes é resolvido em detalhes. Tem que estar atento e concentrado os 90 minutos em campo para não ter nenhum vacilo e poder conquistar um resultado”.

O Vila Nova está a 16 anos sem ganhar o Campeonato Goiano. No entanto, a vaga na semifinal pode despertar a esperança da torcida colorada em ver o time ser campeão após alguns anos. Arthur diz querer buscar esse título, não só para ele, mas para a equipe e principalmente, aos torcedores. 

“É sempre importante ganhar títulos, temos que ter uma carreira vitoriosa. Quero muito buscar esse título, não só eu, mas todos meus companheiros e a equipe. E principalmente, poder dar esse título para o Vila Nova que não conquista há um tempo, um título que é tão importante e tão sonhado”. 

O professor, Higo Magalhães, está invicto há oito partidas, e diz considerar o Atlético uma equipe difícil. Mas ressalta estar esperançoso para a decisão, pois a equipe tem feito um bom desempenho, no entanto, busca continuar realizando um bom trabalho. 

“Um grande duelo, e o Atlético é uma equipe extremamente qualificada, perigosa e com muita qualidade técnica. O que ficou para trás é só para trazer expectativa positiva e amadurecimento em equipe. Mas o que vale é o agora. É decisão. Somente um vai passar, mas estamos esperançosos pois estamos construindo o que a gente imaginava na preparação e tudo está acontecendo de acordo com o planejado. Pouco tempo de trabalho, a equipe adversária também. Vai ser um jogo dificílimo. (…) Tem tudo para ser um grande duelo, mas estamos nos preparando mentalmente, até pelo desgaste que foi o jogo contra o Guarani na questão mental, que é uma questão que considero importante dentro do jogo,” concluiu. 

Leia também:

Comentários