Polícia

Polícia indicia empresária que atropelou mulher em Goiânia

Crime foi registrado por volta das 4 horas da madrugada da última quinta-feira, em frente a uma distribuidora de bebidas no setor Jardim Pompéia

diario da manha

A Polícia Civil indiciou a empresária Murielly Alves Costa, de 27 anos, por homicídio, após a mesma atropelar e matar Bárbara Angélica Barbosa, de 30 anos. Murielly também deve responder por tentativa de homicídio, após ter tentado atropelar uma segunda vítima. O crime foi registrado por volta das 4 horas da madrugada desta quinta-feira (21/4), no Jardim Pompéia, em Goiânia.

Imagens de segurança de uma distribuidora mostraram a empresária atropelando Bárbara, com um carro de luxo modelo Mercedes Benz. Com o atropelamento, Murielly chegou a invadir um comércio com o impacto da batida.

De acordo com a Polícia Militar, a confusão foi gerada de uma discussão. Após o descontentamento, Bárbara pediu que Murielly fosse embora. Testemunhas disseram que a empresária entrou no carro, deu ré e acabou atingindo uma mulher. Em seguida, Bárbara tentou impedir que a motorista fosse embora, mas acabou sendo atropelada.

Após o ocorrido, Bárbara chegou a receber atendimento do Corpo de Bombeiros, mas morreu no local do acidente. A outra vítima foi encaminhada para um hospital, e em seguida, ganhou alta.

Murielly foi presa em Nerópolis, na Região metropolitana da capital. Aos policiais, em sua defesa, a mulher chegou a dizer que não se lembrava do ocorrido. De acordo com a Polícia Civil, Murielly será recolhida para uma unidade prisional, e até o momento, se encontra à disposição do Poder Judiciário.

Últimas notícias

Comentários