Justiça

Sargento é condenado por usar avião da FAB para transportar cocaína

Manoel Silva Rodrigues foi preso em Sevilha, na Espanha, em 2019, com 37 quilos de droga em aeronave da comitiva presidencial.

diario da manha
Foto: Divulgação

A Justiça Militar da União (JMU) condenou, por unanimidade, nesta terça-feira, 15, o Sargento da Aeronáutica, Manoel Silva Rodrigues, por tráfico internacional de drogas. Ele foi condenado a 14 anos e seis meses de reclusão. O militar foi preso em Sevilha, na Espanha, em 2019, por transportar 37 quilos de cocaína pura em voo da comitiva presidencial.

Ele foi julgado por integrantes do Conselho Permanente de Justiça, presidido pelo juiz federal Frederico Magno de Melo Veras. Rodrigues pode recorrer da decisão.

O sargento também deve arcar com 1,4 mil dias-multa, fixados em 1/30 do salário mínimo. A pena já foi cumprida pelo militar na Espanha, onde está preso, e será descontada na nova condenação.

Em fevereiro de 2020, Rodrigues foi condenado pela justiça espanhola a seis nos e um dia de prisão. Além disso, foi sentenciado a pagar multa de 2 milhões de euros. Ele obteve um apena menor porque confessou o crime.

  • Leia também:

Comentários