Tecnologia

Processo exige quase US$ 1 trilhão da Apple por obsolescência programada

diario da manha

Um grupo de consumidores de iPhones entrou com uma ação coletiva na Califórnia nesta semana para exigir da Apple US$ 999 bilhões, quase US$ 1 trilhão, ou mais de R$ 3,2 trilhões. Os consumidores querem a compensação pela desaceleração promovida em iPhones antigos pela empresa. As informações são do iMore.

O caso da obsolescência programada de iPhones voltou a ser polêmica depois que a Apple admitiu que reduz a velocidade dos aparelhos propositalmente para tentar prolongar a vida útil das baterias de íon de lítio, principalmente nos modelos de iPhones 6, 6s e 7.

Porém, conforme o grupo, a empresa agiu contra a lei ao não comunicar aos clientes antecipadamente sobre a obsolescência programada e principalmente por não esclarecer que uma possível resolução para o problema seria a aquisição de uma bateria nova.

A empresa já responde na Justiça americana em outros casos parecidos mas nenhum outro processo exigiu um valor tão alto quanto este último. Até o momento a Apple não se pronunciou sobre os processos.

 

 

Comentários

Mais de Tecnologia

5 de julho de 2019 as 15:27

Goiânia sediará o Mobility & Show 2019

9 de fevereiro de 2019 as 20:23

A invenção do Game Boy